6 PASSOS PARA UMA CRIANÇA MUDAR 

12/22/2016

Muitas Mães tem o dilema de como acompanhar a vida de seus filhos para produzir verdadeiros super hérois e as vezes o simples desafio de fazer-los dormir, isso se torna uma forma de encarar frustações ocorridas durante a vida desses adultos e acreditar que uma nova vida, que é uma criança, pode ser uma versão melhor de si. O que lamento informar que é que isso não é possível. Se você notar no ínicio do paragráfo é justamente o que cito ao falar "UMA NOVA VIDA" - Uma nova vida entenda-se que não é uma continuação.

Utilizando a Neurociência a favor

Constumeiramente eu acesso o blog Neurociência e Sáude que tem alguns post interessantes que permitem ver como alguns aspectos são relevantes e interessantes para que os jovens possam se desenvolver sem comprometer uma boa vida familiar e de relacionamento saúdavel com os pais, assim encontrei com Tony Robbins esses maravilhosos passos únicos que somente alguem que é muito especilista em tal assunto pode ajudar dessa forma.

PASSOS PARA MUDANÇA

Os seis passo para uma mudança infantil

Muitas pessoas pensam que a mudança é algo muito complexo mais abaixo vou mostrar como em simples seis passos criados pelo especialista Tony Robbins que já ajudou milhares de pessoas a superarem problemas e se tornarem pessas melhores vai te certamente ajudar você a ser um facilitador ness processo de mudança infantil.

Primeiro fazemos nossos hábitos, depois nossos
hábitos nos fazem. JOHN DRYDEN

1) Pergunte a criança :"O que você gostaria de fazer em vez de se preocupar?"

2) Providencie uma alavanca, e compreenda o que a preocupação faz para destruir sua vida. Leve ao limiar; verifique o quanto custaria à sua vida, em última análise, para que não deseje mais pagar esse preço. Imagine a alegria de se livrar dessa angústia, e ser realmente livre, de uma vez por todas!

3) Ajude-a a interromper o padrão! Cada vez que ela notar que está preocupada, trate de romper o padrão, de uma maneira afrontosa. Enfie o dedo no nariz, arrote, ou grite bem alto "Que linda manhã!"

4) Crie uma alternativa fortalecedora. O que fará em vez de se preocupar? Pegue sua agenda, e escreva um programa do que pode fazer de imediato. Talvez deva sair para correr um pouco; e durante esse exercício, poderá pensar em novas soluções.

5) Condicione o novo padrão; imagine e ensaie de uma forma vi vida esse novo padrão, com tremenda intensidade emocional e repetição, até que o novo pensamento, comportamento ou padrão emocional se torne automático. Reforce com o primeiro passo: imagine-se a alcançar o êxito, muitas e muitas vezes. Ver os resultados com antecedência pode lhe proporcionar o prazer que deseja. Use a repetição e a intensidade emocional para condicionar o novo padrão, até que seja
consistente.

6) Verifique se funciona. Pense na situação que costumava preocupá-lo, e observe se já não o preocupa mais.